Uma das séries do MCU para a Disney+, WandaVision se tornou tema de um processo da multinacional chinesa Wanda Group Ltda. contra o Marvel Studios. A empresa afirma já ter marca registrada com o nome Wanda, nome civil da Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen) em diferentes campos do entretenimento, incluindo bonecos, jogos de tabuleiro, enfeites de festa e jogos de habilidade (via Bleeding Cool).

Ao que tudo indica, o processo, que recebeu extensão por parte do governo dos Estados Unidos, deve ser resolvido e não deve afetar a data de estreia da série, prevista para o final de 2020.

WandaVision tem previsão de estreia para o fim de 2020, mesmo com a produção tendo sido pausada por conta da pandemia do coronavírus.