Recuperados do coronavírus, Tom Hanks e Rita Wilson descobriram que seus organismos carregam os anticorpos necessários para enfrentar a doença e, agora, doaram sangue para a pesquisa que busca desenvolver uma vacina contra a pandemia. Em entrevista ao podcast Wait Wait… Don’t Tell Me, Hanks revelou que ele e a esposa foram procurados para doar plasma e sangue após sua recuperação.

Feliz por poder ajudar na luta contra o COVID-19, que já matou mais de 200 mil pessoas no mundo, o vencedor do Oscar ainda sugeriu um nome para a vacina, caso ela realmente seja criada. De acordo com Hanks, ele e Wilson pretendem batizar a vacina de “Hank-ccine” (ou Hank-cina).