Reality show em meio ao apocalipse zumbi, Netflix revela trailer inédito de Reality Z

0

Primeira série brasileira de zumbi da Netflix, Reality Z ganhou trailer oficial nesta quarta-feira. Com lançamento em 10 de junho, Reality Z é adaptada e desenvolvida para o formato de série contínua pelo premiado diretor, roteirista e produtor executivo brasileiro Cláudio Torres, com base na aclamada minissérie britânica de terror Dead Set, criada por Charlie Brooker (Black Mirror). Uma homenagem aos fãs do gênero, o show visceral combina ironia britânica ao antropofagismo tropicalista brasileiro, com ambientação no Rio de Janeiro.

Uma ode ao terror, ao humor e à cultura pop, Reality Z narra em 10 episódios um apocalipse zumbi que aprisiona participantes e produtores de um reality show chamado Olimpo. Em uma noite de eliminação do programa, o estúdio se torna um abrigo para aqueles que buscam salvação em uma cidade onde a loucura e o horror passam a reinar.

No vídeo revelado hoje, é possível atravessar a muralha que isola os participantes do reality e conhecer a grande fortaleza autossustentável, ameaçada pelos zumbis do lado de fora e pela vil natureza humana do lado de dentro. Além de testemunhar o que outros sobreviventes estão dispostos a fazer para tomar esse palácio grego. Para além da sátira aos reality shows, a série mergulha no que existe de mais profundo no gênero zumbi: o drama humano.

Com marcantes personagens brasileiros à moda do cinema fantástico, incorporados ao reboot de maneira inédita, a série conta com grande elenco. A lista inclui Anna Hartmann (Nina), Luellem de Castro (Teresa), Guilherme Weber (Brandão), Emílio de Mello (Alberto Levi), Ravel Andrade (Léo), João Pedro Zappa (TK), Julia Ianina (Cristina), Pierri Baitelli (Robson), Jesus Luz (Lucas), participação especial de Sabrina Sato (Divina), Carla Ribas (Ana) como atriz convidada, Gabriel Canela (Marcos), Natália Rosa (Veronica), Leandro Daniel (Augusto), Hanna Romanazzi (Jéssica), Arlinda Di Baio (Cleide) e Wallie Ruy (Madonna).

Reality Z tem produção executiva de Cláudio Torres e Renata Brandão. Cláudio também divide a direção com Rodrigo Monte e assina o roteiro com João Costa. Esta é a primeira colaboração entre a Netflix e a Conspiração, a produtora independente brasileira mais indicada ao Emmy Internacional.