Quentin Tarantino já quis dirigir um filme de James Bond com Pierce Brosnan, de acordo com uma história hilária relembrada pelo próprio ator. Em uma live em que assistiu 007 Contra GoldenEye, Brosnan contou do dia em que conheceu Tarantino, na época em que o diretor estava divulgando Kill Bill 2, em 2004 [via Esquire]:

“Ele queria me conhecer, então eu fui até Hollywood para encontra-lo no Four Seasons”, disse Brosnan. O ator relembrou que Tarantino atrasou tanto que ele já tinha tomado alguns martinis, e quando o diretor chegou, não demorou para que os dois já estivessem embriagados.

“Nós estávamos consideravelmente bêbados”, disse. “E ele estava batendo na mesa, dizendo ‘você é o melhor James Bond, quero fazer James Bond!’, e o restaurante era pequeno, e eu pensava ‘por favor acalme-se’, mas você não quer falar para Quentin Tarantino se acalmar”. 

Brosnan continuou, dizendo que levou a ideia para o estúdio: “Ele queria fazer James Bond, então eu falei com os bastidores, mas não era para ser. Sem Tarantino para James Bond”. 

Apesar da ideia não ter dado certo, Brosnan ressaltou que era algo que ele gostaria de ver: “Seria ótimo assistir isso”. 

Pierce Brosnan assumiu o posto de James Bond em quatro filmes da franquia: GoldenEye (1995), O Amanhã Nunca Morre (1998), O Mundo Não É o Bastante (1999) e Um Novo Dia para Morrer (2002).

O próximo filme de 007, 007: Sem Tempo para Morrer, tem estreia marcada para 25 de novembro.