A versão de 2015 de Quarteto Fantástico segue como uma das mais controversas da Primeira Família da Marvel. Além do filme ter recebido críticas duras da mídia e dos fãs, as histórias de bastidores envolvendo o diretor Josh Trank e seu elenco se tornaram infames, a ponto do cineasta deixar um projeto na Lucasfilm por saber que seria demitido. Em uma nova entrevista ao blog Geeks of Color, o diretor afirmou que a intervenção da Fox no filme começou muito antes do filme ir à sala de edição, com executivos já barrando a escalação de uma atriz negra para o papel de Sue Storm/Mulher Invisível (via Vulture).

Segundo Trank, ele enfrentou uma “pressão pesada” para escalar uma atriz branca para interpretar a icônica personagem, apesar de já ter pensado em Sue, Johnny e Franklin Storm como uma família negra. O diretor escalou Kate Mara para o papel, justificando no filme que ela seria irmã adotiva do personagem de Michael B. Jordan. “Olhando para trás, eu deveria ter deixado [a produção] quando percebi [que não poderia escalar dois protagonistas negros] e sinto vergonha disso, de não ter ido embora por princípio”, afirmou Trank. “Esses não são os valores nos quais acredito. Não eram nem os valores da época nem os meus. Me sinto mal por não ter levado isso até as últimas consequências. Sinto que falhei neste sentido”.

Em uma entrevista recente ao Polygon, Trank afirmou que as refilmagens foram como “ser castrado” pelo estúdio, que não gostou da reação dos fãs à sua abordagem mais sombria do filme e decidiu refilmar diversas partes.

Lançado em 2015, Quarteto Fantástico arrecadou apenas US$ 167 milhões no mundo, para um orçamento estimado em US$ 155 milhões.

Quarteto Fantástico no MCU

Desde a fusão entre a 20th Century Fox e a Walt Disney Company, o Marvel Studios passou a ter controle sobre personagens que antes pertenciam ao estúdio rival, entre eles o Quarteto Fantástico e os X-Men.

Durante a San Diego Comic-Con, quando anunciou o calendário da fase 4 do MCU, o presidente do Marvel Studios Kevin Feige mencionou a equipe liderada por Senhor Fantástico apenas uma vez, dizendo que não teve tempo para falar sobre ela. No entanto, a primeira dica sobre a chegada do Quarteto foi dada ao final de Homem-Aranha: De Volta ao Lar.

Enquanto Peter Parker retoma sua rotina em Manhattan, ele aterrissa na rua ao lado da Grand Central, onde se pode ver um edifício moderno com um vão livre ajardinado. O endereço da tal construção é a rua 42, justamente onde fica o famoso Edifício Baxter, a casa da equipe de heróis.

Nenhum anúncio oficial envolvendo a equipe foi feito até o momento.