Call of Duty: Warzone é um Battle Royale que está disponível para download no PC, Playstation 4 e Xbox One. O jogo foi lançado em março de 2020, e atingiu 50 milhões de gamers em apenas um mês.

Por ser um game competitivo online, há um conjunto de regras para manter o ambiente saudável e justo. E quem descumprir um dos itens na Política de Segurança pode ser suspenso, e em casos mais graves, é banidos.

6 coisas que nunca devem ser feitas em Call of Duty: Warzone

O gamer estará sujeito a penalidade se utilizar programas de terceiros (hacks e mods) para obter vantagens e manipular estatísticas ou dados do jogo.

  • Punição: suspensão do jogo, reset de estatísticas, emblemas e customizações de armas.
  • Bloqueio que impede de aparecer na tabela de líderes;
  • Nos consoles: o jogador ainda será reportado à fabricante do seu respectivo console;
  • No PC: o jogador será reportado ao time de segurança da Battle.net.

O cyberbulling e outras formas de assédio são considerados casos extremos, que resultam em uma punições mais duras. Na primeira ofensa, o jogador é temporariamente suspenso. Como uma forma de advertência, para evitar que a atitude se repita.

E caso aconteça de novo, o player é novamente suspenso, e seus privilégios dentro do jogo são revogados. E em casos mais extremos ou repetidos, o jogador é banido.

Se aproveitar de glitches é proibido. É proibido também o “boosting”, quando dois jogadores ou mais se unem para explorar o jogo com objetivo de obter XP, prestígio, pontuação, nível de arma ou desbloqueio de forma abusiva.

Nesses casos, o jogador é banido temporariamente e tem seus dados resetados. E no caso da infração de glitches, o jogador será impedido de jogar com tela dividida. E em casos mais extremos ou repetidos, o player será banido.

É proibido adquirir qualquer conteúdo de Warzone ilegalmente ou por meios externos. Em caso de pirataria, o jogador será banido. Ele será ainda reportado a fabricante do console ou ao time do Battle.net. Já para o conteúdo que foi obtido externamente ao jogo, ocorrerá a suspensão temporária de uso do sistema de inventário e reset completo do inventário.

Descompilar ou realizar modificações em códigos do jogo também são proibidos. Neste caso, o jogador será banido. O usuário será ainda reportado a fabricante do seu console, ou ao time do Battle.net.

Qualquer jogador que impedir o outro de jogar normalmente utilizando trapaça, ou com comportamento antidesportivo repetido, como fogo amigo intencional, poderá ser punido.

Neste cenário, o usuário poderá ser suspenso de jogar com outros companheiros e terá suas informações e aparições na tabela de líderes resetadas. Em casos repetidos ou extremos, o player será banido.

Call of Duty Warzone já baniu mais de 50 mil jogadores somente em duas semanas.