Não Vamos Pagar Nada traz humor e crítica sobre necessidade básica

0

O filme Não Vamos Pagar Nada, marca a estreia de João Fonseca, premiado diretor de teatro, na direção de um longa-metragem, com roteiro de Renato Fagundes, a comédia traz Samantha Schmütz contracenando com alguns dos maiores comediantes brasileiros, como Edmilson Filho, Flávia Reis, e Fernando Caruso. O filme foi rodado em cinco semanas no Polo Rio Cine Vídeo e em locações na Zona Oeste da cidade.

Embora o texto tenha sido escrito em 1974 na Itália pelo casal Dario Fo e Franca Rame, a adaptação para o cinema retrata a história atual do Brasil com um olhar ácido e hilariante, mas esperançoso, sobre moral, desigualdade e relações de poder nas sociedades contemporâneas. Antônia (Samantha Schmütz) está desempregada e administra a casa simples em que mora com o marido, João (Edmilson Filho), um sujeito honesto, religioso e de valores inflexíveis. A história começa quando ela vai ao mercado e percebe que seu dinheiro não vai dar nem para comprar o básico. Tudo aumentou e, pra piorar, o novo dono do único mercado do bairro é um sujeito sem coração, que não aceita fiado.

Quando reclama com o funcionário do mercado (o músico Criolo), participação especial, Antônia acaba influenciando os outros clientes – que também não aceitam os reajustes. Todos se revoltam contra o insensível e mercenário dono do mercado (Leandro Soares) e decidem: ninguém vai pagar nada! No corre-corre, Antônia acaba levando o que encontra pela frente, mas quando chega em casa tem que esconder as sacolas não só do marido, como dos policiais que aparecem para investigar o caso (Fernando Caruso e Flávio Bauraqui). E ainda envolve a melhor amiga, Margarida (Flávia Reis) na confusão. Confira o trailer no topo da matéria.

Na coletiva de imprensa por videoconferência, que foi um bate-papo descontraído entre o elenco principal, diretor e a moderadora Renata Boldrini. O diretor João Fonseca, comenta que a comédia tem que ter tragédia, e a tragédia do longa é a fome, pessoas sem acesso ao básico. A adaptação não teve muitas cenas acrescentadas, e sim removida, que não faziam sentido com o tempo atual nem com a localização, diz o diretor, que também compartilha que se inspirou em diretores e produções italianas para a realização do projeto.

A atriz Samantha Schmütz conta como o foi divertido o set de filmagem, que adorava ver o João rindo com as cenas, “é demais ver um diretor de comédia rindo durante as cenas”.

Caruso que na coletiva não parava de fazer piada com os colegas de elenco, afirma que a crítica e a comédia da produção são eficazes. E são mesmo, beira o absurdo com a triste realidade em que muitas famílias se deparam diariamente.

A conversa girou em torno de como a crítica é atual em tempos de pandemia de covid-19, e humor durante as gravações.

Não Vamos Pagar Nada terá lançamento multiplataforma: com estreia 8 de outubro nos cinemas, 15 de outubro pelo selo Première Telecine no streaming e no canal Telecine Premium, e também no Now.