Da Sony Pictures chega aos cinemas “Orgulho e Preconceito e Zumbis” uma releitura do clássico britânico de Jane Austen Orgulho e Preconceito“.

Um filme divertido, que mantem referencias ao clássico. Na trama donzelas inglesas esbanjam requinte e etiqueta para conseguir o amado e futuro marido. Mas de uma maneira divertida é inserida a trama o fato de que zumbis estão atacando Londres e todo o requinte das moças vem junto a treinamentos de artes marciais de defesa e sobrevivência.

A trama segue firme durante todo o decorrer de exibição, com muito sangue e mistério, o que talvez de “vida” ao filme e o deixe tolerável para quem assiste e até para quem nunca viu o clássico, se dividindo entre as donzelas procurarem pelo marido perfeito e matar zumbis para sobreviverem “Orgulho e Preconceitos e Zumbis” vale o ingresso e a pipoca.

Muitos ainda querem saber do que se trata o filme, engraçado, ação, horror? Temos um excelente equilíbrio entre o engraçado e a ação do filme, o que não deixa a história chata por ser divertida demais ou chata por ser sem diversão nenhuma.

Confira aqui os cartazes oficiais do filme.

Sinopse: Um surto de zumbis se abateu sobre a Terra nesta releitura do conto clássico de Jane Austen que trata das relações e enlaces amorosos entre amantes de diferentes classes sociais na Inglaterra do século XIX. A resoluta heroína Elizabeth Bennet (Lily James) é mestre em armas e artes marciais; e o belo Mr. Darcy (Sam Riley) é um feroz assassino de zumbis e símbolo máximo do preconceito inerente às classes superiores. Mas à medida que o surto zumbi se intensifica, os dois devem deixar o orgulho de lado e unir forças no campo de batalha encharcado de sangue, a fim de acabar com o exército morto-vivo de uma vez por todas.