Não sou muito fã de assistir artes marciais, e quando se trata de filmes que envolvam esta temática prefiro relutar em ver, mas em “Nocaute” pude ter uma perspectiva diferente sobre esse tema.

O longa estrelado por Jake Gyllenhaal narra parte da historia do famoso lutador Billy Hope (Jake), uma cara que é considerado um dos melhores lutadores de MMA, até que ele se vê completamente perdido depois de algo acontecer em sua vida.

nocaute

A trama já começa em um ring mostrando o quanto Hope é bom! Ele é casado e tem uma filha, mora numa mansão e leva a vida consideravelmente perfeita, mas como se trata de um filme, claro que podemos esperar uma reviravolta, para ai sim termos a historia.

Logo nos primeiros 30 minutos do drama temos o desfecho para o inicio de uma vida infeliz para Hope que de uma hora pra outra se vê pobre, infeliz e sem a custodia da filha. Em meio a todas as situações ele tenta não perder de vez o controle sobre a vida e procura ajuda numa academia, onde encontra Titus Willis (Forest Whitaker) um senhor mal humorado que a principio se recusa a ajuda-lo.

Mas com a vontade de recuperar a filha Hope consegue emprego na academia de Titus e passa a treinar novamente e aprende de uma forma melhor a controlar a raiva, que o prejudicou, e muito, antes de tudo acontecer. Já na academia Hope se esforça para mostrara ao Juiz que lhe tirou a guarda de sua filha que esta pronto para te la novamente.

nocaute 1

Então, Hope é convidado a uma luta, como profissional, para voltar aos rings e enfrentar o cara que lhe causou desgraça -e muita- no inicio da trama. E esta luta ira definir todo seu futuro.

Corre pro cinema para conferir esta historia dramática de esperança e persistência, e não esquece do lencinho!