Após dois anos longe da estrada, fazendo apresentações ocasionais e participações, Pitty volta aos palcos com show que expressa bem sua personalidade, fazendo uma ponte entre as essências de suas primeiras composições e a linguagem contemporânea. “A ideia é descobrir coisas que estão na matriz sonora, estética e musical, e como isso se comporta nos dias de hoje. Com um conceito simples, baseado na experiência com a música. Após uma turnê super tecnológica, quero experimentar uma coisa mais intimista, mais humana”, conta Pitty.

É um novo ciclo, uma nova forma de trabalhar as músicas. O palco será montado de outra maneira e o cenário será composto por desenhos exclusivos da artista Eva Uviedo. O show chega a Curitiba no dia 10 de novembro, no Teatro Positivo e conta com a produção da Seven Entretenimento.

A turnê também é organizada de forma diferente, contrariando os moldes tradicionais, nos quais primeiro é lançado um álbum e depois a turnê. Dessa vez os shows vão acontecer simultaneamente ao lançamento das músicas, que deverão estar no novo disco da Pitty, previsto para esse ano. As canções serão incorporadas e reveladas nos shows ao longo da turnê. Isso foi visto na última apresentação, no João Rock, quando ela interpretou pela primeira vez “Te Conecta”. No repertório estarão os singles mais recentes “Na Pele”, lançado com participação de Elza Soares, e “Contramão”, com Emmily Barreto (Far From Alaska) e Tássia Reis, além de sucessos da carreira outras surpresas.

Durante a turnê Pitty pretende convidar artistas diversos para fazerem shows de abertura, colaborando com a divulgação da cena contemporânea.

Depois desse tempo dedicando-se a outros projetos, Pitty volta esse ano com força total ao palco. As apresentações chegam com toda energia da cantora e da sua banda, prometendo ao público momentos muito especiais.