Divulgação

O Globo de Ouro 2018, realizado na noite de domingo (7), ficou marcado pelos protestos contra abusos sexuais na indústria do cinema. No tapete vermelho que precedeu a premiação, as atrizes demonstraram apoio à causa optando por vestidos pretos e discretos. Já na premiação, os discursos foram contundentes contra esses crimes.

O mais marcante da noite, no entanto, foi o de Oprah Winfrey. A apresentadora falou abertamente sobre seu apoio ao movimento #MeToo, que foi criado após as revelações do comportamento abusivo do produtor cinematográfico Harvey Weinstein.

Oprah lamentou a ‘cultura corrompida por homens brutalmente poderosos’.

— Durante muito tempo, as mulheres não foram ouvidas e não se acreditava nelas quando se atreviam a contar a verdade sobre esses homens. Mas esse tempo acabou! Por isso quero que todas as meninas que estão vendo isso saibam que existe um novo dia no horizonte.

Ela também citou que conta com o auxílio de homens para combater esse tipo de comportamento.

— E, quando finalmente amanhecer, será graças a muitas mulheres magníficas – muitas das quais estão aqui esta noite – e muitos homens maravilhosos, que vão lutar duro para se converter nos líderes que nos levarão a tempos em que ninguém terá de dizer ‘eu também’.

Para finalizar o discurso, Oprah agradeceu a cobertura da imprensa sobre os casos que envolvem produtores, diretores e atores do primeiro escalão de Hollywood.

— Quero dizer que valorizo a imprensa mais do que nunca nesses tempos complicados.

Veja o discurso na íntegra:

Do R7