Jaspion terá um filme nacional com atores brasileiros. O longa é uma comemoração dos 30 anos da estreia da série no Brasil, que aconteceu em 22 de fevereiro de 1988 na extinta TV Manchete.

Com produção da Sato Company, o remake já tem a aprovação da Toei Company, produtora original de Jaspion. A nova versão terá muitos efeitos especiais e o visual de Jaspion será modernizado, segundo Jacqueline Lucchesi, diretora da empresa.

— Com base no sucesso de Jaspion, a Sato Company, que é a responsável por ter trazido a série para o Brasil, resolveu relançar o herói como um filme. Em 2018 vamos já iniciar as produções. – Disse ela.

O sucesso da série era tanto que mesmo em uma emissora de menor porte, como a TV Manchete, o personagem superava, inclusive, a Rede Globo e o, até então líder de ibope, Xou da Xuxa. Até hoje a atração registra a maior audiência da extinta emissora.

Segundo Yusei Nagamatsu, Senior Manager da Toei, produtora do Jaspion, ‘Este é o melhor momento para lançarmos o filme, são 110 anos de imigração japonesa no Brasil e 30 anos da série. Nosso parceiro para essa produção é a Sato, que conhece o mercado há mais de três décadas, tendo sido a grande responsável pela introdução do conteúdo japonês no Brasil’.

Atores orientais

O elenco será anunciado no Festival de Filmes Japoneses, em agosto, durante as comemorações dos 110 anos da imigração japonesa no Brasil. Segundo a produtora, os fãs poderão participar com opiniões sobre locações, figurino e elenco.

Em 2016, alguns atores de descendência oriental fizeram um manifesto contra a Globo alegando preconceito por parte da emissora com atores orientais. Jacqueline Lucchesi disse que isso não vai acontecer na produção do longa.

— A gente percebe que tem boicote, mas queremos respeitar a trama. É uma forma da gente criar essa conexão e aproximar as culturas. Certamente isso será levado em conta.

A previsão de estreia é para o segundo semestre de 2019.

Do R7