Muita gente achou estranho quando a Paramount Pictures anunciou que o terceiro filme da franquia Cloverfeld seria exibido diretamente na Netflix sem aos menos estrear em uma sala de cinema sequer.

Esta semana saiu uma entrevista para a Variety em que um dos executivos da distribuidora explica o motivo de The Cloverfield Paradox ter ido parar direto no serviço de streaming. Segundo ele, o longa teve um alto custo de produção e a distribuição na plataforma de streaming diminuiria os riscos do projeto ser um fracasso comercial:

“Quando o filme estava pronto, nós revimos tudo com J.J. Abrams e o time dele. Decidimos que o filme tinha algumas coisas que nos faziam pensar duas vezes sobre o potencial comercial dele nos meios tradicionais. Então fomos prudentes em termos fiscais e monetizamos dessa forma. O fato é que muitos milhões de pessoas viram o filme, foi positivo em vários níveis.” revelou o executivo Andrew Gumpert.

No filme, em um futuro próximo, um grupo internacional de astronautas em uma estação espacial trabalha na solução de uma massiva crise de energia na Terra.  A tecnologia experimental a bordo da estação apresenta um resultado inesperado, deixando o time isolado e lutando por sua sobrevivência.

E você, já vu o filme? Nos conte o que achou nos comentários!