O serviço de streaming da Disney ganhou algumas novidades. Segundo Bob Iger, o CEO da Disney, a plataforma se chamará Disney Play e deve ser lançado no final de 2019.

“Estamos correndo para desenvolver conteúdo, e temos a vantagem de ter várias marcas e franquias conhecida. Queremos prezar pela qualidade, e não pela quantidade.”, afirmou.

Nenhum material que possua classificação rated-R, para maiores de idade, estará presente em seu catálogo. Isso significa que filmes como Deadpool, que agora pertence à Marvel, não poderão ser encontrados pelos futuros assinantes.

As produções que possuem conteúdo agressivo explícito ficarão disponíveis na plataforma da Hulu. Para os que desconhecem, a Disney pode vir a deter a maior parte das ações da empresa, caso o acordo de aquisição da 20th Century Fox oficialize a transação.