Esta semana o mundo do entretenimento ficou alvoroçado depois da notícia sobre uma possível aquisição de parte da 21st Century Fox pela Disney. De acordo com as informações, a Fox venderia toda a sua divisão de entretenimento e ficaria apenas com os setores de notícias e esportes.

As duas empresas vinham mantendo uma conversa constante ao longo das últimas semanas e a grande motivação para a venda por parte da Fox estaria nas mudanças acontecidas nos últimos anos no mercado de entretenimento. Com o peso de empresas como Google, Apple, Facebook e Netflix, ela não teria o cacife necessário para se sustentar no meio, algo que aparentemente sobra para a Disney.

Para a Disney, a vantagem seria enorme. Vale lembrar que a empresa deve lançar o seu próprio serviço de streaming em breve. Além disso, seria a oportunidade de a empresa adicionar figuras como os X-Men e o Quarteto Fantástico ao Universo Cinematográfico da Marvel, fragmentado graças à má fase da Casa das Ideias antes de ela própria ser adquirida pela Disney, em 2009. Esse ponto é especialmente interessante para os fãs de quadrinhos e de suas adaptações para cinema e televisão.

Até o fechamento deste texto novas informações não foram divulgadas, e nenhuma das empresas citadas se pronunciou oficialmente sobre a negociação.