Com o seu terceiro álbum de estúdio, Janelle Monáe retornou nessa sexta-feira ao mundo da música com o Dirty Computer.

Monáe consegue trazem algo totalmente revigorante com Dirty Computer ao mostrar diversas facetas que vão desde o R&B ao um hip hop totalmente inovador e gostoso de se ouvir, além de carregar consigo inspirações de super mérito como Prince.

Contando com 14 músicas, entre elas somente 3 parcerias (Brian Wilson, Grimes e Pharrell Williams), o Dirty Computer chega com tudo e para se ter ideia conseguiu manter por algumas horas incríveis 99 pontos no Metacritc e assim assumindo a nota mais alta da história que um álbum feito por uma artista feminina já conseguiu, porém agora o álbum está pontuando 92 pontos com base em 10 críticas.

Ouça no Spotify:

Além disso, o álbum é visual! Sim. Confira:

Qual sua favorita? A gente simplesmente amou todas!